Para chocar o mundo: Thiago Marreta mira façanha contra Jon Jones no UFC 239.

Durante toda a semana, Thiago Marreta andou vestido com uma camisa personalizada que prevê que ele chocará o mundo. Neste sábado, em Las Vegas (EUA), ele fará a luta principal do UFC 239 contra Jon Jones, pelo título do peso-meio-pesado (até 93kg) para tentar cumprir a missão que tem prometido executar. O duelo é dos mais difíceis e o favoritismo do campeão é refletido nas bolsas de apostas, que dão mais de 80% de chance de vitória para o americano. Nada que abale o desafiante, que garante estar pronto para fazer cinco rounds e protagonizar uma das maiores - a maior? - zebras da história do MMA.

A carreira de Marreta teve altos e baixos. Da estreia no UFC sendo finalizado de forma rápida por Cezar Mutante, passando pela redenção na luta seguinte, quando corria risco de demissão e nocauteou Ronny Markes, o atleta da Tatá Fight Team (TFT) vive uma montanha russa na organização, até que decidiu subir para os meio-pesados (até 93kg). Nas três lutas na divisão, nocauteou Eryk Anders, Jimi Manuwa e Jan Blachowicz. Agora, tenta coroar sua trajetória encerrando o reinado de Jones.

- Pode ser cinco rounds, estou preparado para uma guerra, não vou desistir. Ele sabe disso. Tenta mudar as coisas, colocar outras coisas na minha cabeça, mas ele sabe dentro dele quão guerreiro eu sou, quanto coração eu tenho e que não vai ser fácil como ele está pensando - garantiu.

Se Marreta oscilou dentro do octógono em alguns momentos da carreira, Jon Jones só cometeu deslizes do lado de fora. Casos de doping e problemas policiais deram mais trabalho para o americano do que seus adversários no Ultimate. O campeão dos meio-pesados não perde desde 2009, quando sofreu seu único revés ao acertar golpes ilegais em Matt Hamill e ser desclassificado em confronto que ele dominava. São 24 vitórias, uma derrota e um "No Contest" (luta sem resultado).

O americano mostrou nas entrevistas antes do evento que estudou de forma profunda a vida e as habilidades de Thiago Marreta e fez elogios ao rival.

- Antes de ter a luta marcada, eu sabia muito pouco sobre ele. Na verdade, não sabia nada. Sabia que tinha um cara musculoso do Brasil com uma grande marreta tatuada no peito. Mas olhei para a história dele e entendi que ele vem de uma favela, que é uma área muito difícil de se crescer. Ele saiu de lá, foi militar, voltou para a favela depois de se tornar profissional para ensinar a meninos e meninas de graça. Sei que ele é um pai solteiro, que faz um bom trabalho criando as crianças, que é faixa-preta em jiu-jítsu e muay thai. Ele é tudo que eu procuro para mim, um lutador muito forte, respeitoso, representa sua academia e seu país bem, é um cristão. E por isso estou honrado em lutar com ele porque ele é um homem e ninguém perde em um situação dessas. Desejo o melhor a ele. Minha intenção é vencê-lo, ele é meu oponente, mas eu o respeito. Mas, mesmo com uma derrota, isso já é uma benção para ele. Só de estar aqui, com todo o Brasil falando dele... Ele já ganhou de estar aqui, então estou feliz por ele ter essa chance. Antes de ter a luta marcada eu realmente não dava muita atenção às lutas deles. Acho que por ter tanta gente no plantel do UFC. Depois que tivemos a luta marcada, me tornei fã dele. Fico obcecado pelos meus oponentes e acho que é por isso que acabou tendo minha mão levantada.

A transmissão do UFC 239 acontece neste sábado, dia 6, a partir de 18h30 (de Brasília), com o "Aquecimento Combate" no Combate, Combate.com e SporTV 3. O card preliminar do evento, às 19h30, terá as duas primeiras lutas exibidas em vídeo no Combate.com e no SporTV 3. O Combate transmite o evento na íntegra, ao vivo e com exclusividade. Confira o card completo:

UFC 239
6 de julho de 2019, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Jon Jones x Thiago Marreta
Peso-galo: Amanda Nunes x Holly Holm
Peso-meio-médio: Jorge Masvidal x Ben Askren
Peso-meio-pesado: Jan Blachowicz x Luke Rockhold
Peso-meio-médio: Diego Sanchez x Michael Chiesa
CARD PRELIMINAR (19h15, horário de Brasília):
Peso-pena: Gilbert Melendez x Arnold Allen
Peso-galo: Marlon Vera x Nohelin Hernandez
Peso-palha: Cláudia Gadelha x Randa Markos
Peso-galo: Alejandro Perez x Song Yadong
Peso-médio: Edmen Shahbazyan x Jack Marshman
Peso-meio-médio: Ismail Naurdiev x Chance Rencountre
Peso-galo: Julia Avila x Pannie Kianzad

Arquivo de Notícias
Aplicativos